Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Análise Semanal 05/08

Publicado em 05.08.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, VALE5, x Raio X

.

 

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas e fundamentalistas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.
.

Análise Semanal 29/07

Publicado em 29.07.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, FIBR3, x Raio X

.

 

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

Acabei não apresentando no vídeo o Fluxo da Bovespa, BMF e Fluxo 10 Mais. Abaixo, seguem os gráficos:

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas e fundamentalistas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.
.

Análise Semanal 22/07

Publicado em 22.07.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, ELPL4, x Raio X

.

 

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas e fundamentalistas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.
.

Análise Semanal 15/07

Publicado em 15.07.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, RAPT4, x Raio X

.


.

 

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

 

.

 

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.

.

 

.

Análise Semanal 08/07

Publicado em 08.07.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, GGBR4, x Raio X

.


.

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

.

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.

.

.

Buy and Hold

Publicado em 06.07.2011 por na(s) categoria(s) Destaques, Estratégias, Opinião

 

Este artigo é uma republicação. O artigo original foi exibido aqui no dia 10/07/2011.

 

bh Talvez esta represente a mais antiga e conhecida estratégia de investimento. Em uma tradução ao pé da letra: “Compre e segure”. Simples e segundo muitas estatísticas a mais eficiente metodologia do mercado.

Então porque, todos os investidores não a adotam definitivamente como padrão para suas carteiras ? Porque os anseios de cada investidor são diferentes. Comprar e segurar pode se mostrar uma estratégia muito lucrativa, mas tudo depende do período analisado e dos objetivos traçados por cada indivíduo.

O mais consagrado investidor de todos os tempos, Warren Buffett, é considerado um original “buy and holder”. Mas talvez essa definição, seja um pouco precipitada. Afinal de contas, ele admite que costuma usar esta estratégia na própria empresa, a Berkshire Hathaway, que possui um patrimônio de US$ 281 bilhões. E convenhamos girar uma carteira deste tamanho, além de pagar uma enormidade de imposto, não deve ser uma tarefa muito fácil. Portanto o buy and hold lhe cai como uma luva.

Por outro lado, em recente artigo no Wall Street Journal, Buffett confirmou que a metodologia de Graham ainda está presente no seu dia-a-dia como investidor. Ou seja, ele ainda procura pechinchas para comprar. Preferencialmente empresas que apresentam indicadores financeiros muito defasados (PLs, por exemplo) e depois as revende assim que os preços voltarem ao seu patamar normal.

Em resumo, o próprio Buffett assume possuir mais de uma estratégia.

O contexto de um investidor, que gere sua própria carteira, é que irá determinar qual estratégia é a mais adequada. E muitas vezes este portfólio pode seguir duas ou mais vertentes. O importante é que o indivíduo seja disciplinado e não misture os conceitos de cada enfoque. Antes de qualquer escolha, pense bem nas seguintes características que compõem teu universo como investidor:

 

  1. volume de recursos;
  2. leque de oportunidades;
  3. circulo de competência;
  4. horizonte temporal;
  5. tempo disponível;
  6. técnica;
  7. temperamento (controle emocional, paciência etc.) e
  8. gosto pela atividade.

.

Estes oito ítens sem dúvida, diferenciam um investidor do outro.

Por este motivo, que muitas vezes eu sou tão reticente em emitir uma opinião sobre uma possível operação no mercado . É literalmente impossível opinar sobre a carteira de terceiros sem conhecer com precisão os oito itens acima.

Agora, se você já opera no mercado a um bom tempo e  ainda não definiu a sua própria estratégia, procure responder pra você mesmo estas questões. Quem sabe você não descobre que o “buy and hold” é a sua estratégia ideal..

.

Análise Semanal 01/07

Publicado em 01.07.2011 por na(s) categoria(s) Análises, Análises em Vídeo, Análises Semanais, BVMF3, x Raio X

.


.

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

.

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.

.

.

Livros

Publicado em 21.06.2011 por na(s) categoria(s) Uncategorized

 

image O Mito dos Mercados Racionais – Da sua concepção à ascensão e queda, a hipótese dos mercados racionais afetou substancialmente o mercado financeiro, as universidades e, inclusive, alguns valores sociais. Justin Fox parte da economia anterior à crise de 1929 e chega à primeira década do século XXI para analisar a evolução dos principais pensamentos e pensadores constituintes dessa história.
Esta brilhante obra proporciona uma visão sobre o mercado indispensável àqueles que fazem parte do mundo dos negócios e aos que pretendem se aventurar nele.

 

 

image

Meu Vizinho Warren Buffett: Conheça os Maiores Investidores do Mundo e Aprenda com ElesSabemos que não existem receitas fáceis e rápidas para ficar rico. No entanto, Matthew Schifrin relata histórias de sucesso de 10 investidores, desconhecidos para o grande público, que venceram no mercado de ações a partir de seus próprios métodos com muito esforço e com a ajuda da internet.
Esse livro é uma prova contundente de que pessoas comuns são capazes de se transformar em ótimos investidores, por conta própria.

 

 

image Os Donos do Dinheiro – Esta história do colapso econômico mundial no fim da década de 1920 apresenta retratos dos quatro homens cujas ações pessoais e profissionais mudaram o rumo do século XX. Em Os Donos do Dinheiro, é apresentado Montagu Norman, do Bank of England; Émile Moreau, do Banque de France; Hjalmar Schacht, do Reichsbank; e Benjamin Strong, do Federal Reserve Bank of New York. O livro mostra o impacto que podem ter as decisões dos banqueiros centrais, sua falibilidade e as consequências humanas que podem sobrevir quando eles erram. Compreender esse período da história ajudará o leitor a entender as origens do mundo econômico em que vive.

 

 

image

Manual de Tributação do Mercado Financeiro – Quais tributos incidem sobre as operações financeiras? O ganho de capital auferido em fundos de renda fixa sujeita-se à incidência de imposto de renda? O prazo da aplicação interfere na tributação? O que é mais interessante para o investidor? Há diferença entre a tributação das pessoas físicas e das pessoas jurídicas? Em quais operações de crédito incide IOF? Há incidência de imposto sobre serviços na intermediação feita pelas corretoras de títulos e valores mobiliários?
Essas e outras questões são tratadas pelos autores nesta obra, que observa, inclusive, os atos regulamentares emitidos pelas autoridades fiscais.

 

 

image

A Interpretação das Demonstrações FinanceirasEste livro trata-se de uma edição atualizada do texto clássico de Benjamin Graham, originalmente publicado em 1937. Trata-se de um guia atemporal e essencial para todas as pessoas interessadas em investimentos e que buscam compreender e interpretar melhor as demonstrações financeiras. Graham é o mais importante pensador de investimentos do século XX e este livro atualizado está mais valioso do que nunca para o mercado de ações atual. Acompanha também um glossário com termos utilizados nas áreas de finanças e investimentos.

 

 

image

Profissão: Investidor – Como Benjamin Graham Criou essa Profissão e Transformou o Mundo dos InvestimentosEscrito por Jason Zweig, colunista do Wall Street Journal que já escreveu para as revistas Forbes e Time, este livro é uma fascinante e rara coleção de ensaios sobre Benjamin Graham e mostra não só como ele fundou a profissão de analista de investimento, mas também qual era sua preciosa perspectiva em investimentos e mercados financeiros, e sua visão de quais deveriam ser as prioridades centrais assumidas pela área.
Os leitores terão uma percepção maior da visão de Graham sobre a criação de uma profissão e uma ciência de análise financeira. Graham é o precursor da estratégia "buy and hold" de investimentos, adotada por Warren Buffett, que é seu seguidor, e também é conhecido como o pai do Value Investing ou investimento em valor.
Este livro é uma ótima porta de entrada para o mercado financeiro e de investimentos, e também é uma obra de referência confiável para quem já atua nessa área.

 

image

Benjamin Graham Textos Inéditos – Lições de Investimento do Mentor de Warren BuffettAntes de investir, escute o guru dos bilionários da Bolsa Benjamin Graham é uma figura lendária das finanças e dos investimentos. Além de um excepcional investidor, foi professor de finanças na Universidade de Columbia. Suas ideias e práticas são atualíssimas e há décadas influenciam investidores de todos os cantos do planeta. Warren Buffett foi seu aluno e trabalhou diretamente com ele e afirma que boa parte do seu sucesso como investidor se deve à influência que Graham teve sobre ele.
Uma pessoa brilhante, bem-sucedida e, acima de tudo, ética, Graham revolucionou o mundo dos investimentos graças ao seu pioneirismo no desenvolvimento da análise fundamentalista, da análise de valores mobiliários e do Value Investing, as quais se tornaram metodologias de investimento fundamentais e usuais para milhões de investidores e profissionais do mercado financeiro.
Nesta obra, Janet Lowe reuniu uma seleção de textos inéditos escritos por Graham. Em linguagem acessível, esses textos brindam o leitor com uma riqueza de ensinamentos e bom senso em investimentos. Sem dúvida, este livro será um dos melhores investimentos para sua educação e seu sucesso como investidor.

 

image Valor de Nada: Por Que Tudo Custa Mais Caro Do Que Pensamos"Hoje em dia, as pessoas sabem o preço de tudo e o valor de nada". A frase do escritor Oscar Wilde resume com precisão o status da sociedade de consumo nos dias de hoje. Jornais, revistas e TV reproduzem à exaustão slogans como "quer pagar quanto?" e "não tem preço". Mas, afinal, o que determina o preço das coisas? Raj Patel foi em busca da resposta e investigou o que está por trás dos preços.
Na verdade, o preço das coisas é distorcido. Ao contrário do que muitos imaginam, o valor da etiqueta não se resume ao custo de produção somado à margem de lucro. Há outros custos envolvidos que são ignorados. De sanduíches a computadores, de celulares a mísseis, o autor revela cotações sempre escondidos no fundo das prateleiras. Original, bem-fundamentado e best-seller no New York Times, esse livro expõe o verdadeiro preço que a sociedade paga pelo que consome, e demonstra as perigosas consequências da propagada liberdade de consumo.

 

 

image O Espírito Animal: Como a Psicologia Humana Impulsiona a Economia e a sua Importância para o Capitalismo Global - A atual crise financeira mundial tornou bastante claro o fato de poderosas forças psicológicas estarem colocando em risco as riquezas das nações. Desde uma cega fé nos crescentes preços do mercado imobiliário às crenças nos principais mercados, espíritos animais estão guiando os eventos financeiros ao redor do mundo. Neste livro, os aclamados economistas George Akerlof e Robert Shiller desafiam a inteligência econômica que nos colocou dentro desta bagunça, e apresentam uma ousada e nova visão que transformará as economias e restaurará a prosperidade. Os autores detalham os mais penetrantes efeitos dos espíritos animais na vida econômica da contemporaneidade – como confiança, medo, falta de fé, corrupção, preocupação com a justiça e as histórias que contamos a nós mesmos sobre as fortunas econômicas -, e sabem que administrar essas forças requer a ajuda do governo. O Espírito Animal oferece um mapa para reverter o azar financeiro que nos aflige hoje. Leia e aprenda como líderes podem canalizar este vigor animal – a poderosa força do psicológico humano que atua na economia atual.

Análise Semanal 17/06

Publicado em 17.06.2011 por na(s) categoria(s) Uncategorized

.


.

IMPORTANTE: Para ver o vídeo, basta clicar no play. Na barra de comando, sugiro que coloquem a resolução de 720p, assim a qualidade será de HD. Além disso, clicando no canto inferior direito poderão assistir ao vídeo em tela cheia.

.

.

Disclaimer: O vídeo têm propósito exclusivamente informativo e o intuito apenas de servir como um canal de discussão sobre estratégias gráficas. Em nenhum momento, as opiniões pessoais do autor representam recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. O autor não recomenda que seja feito uso desses modelos em aplicações comerciais e por sua vez, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas.

.

.

.

Carteira de acumulação

Publicado em 14.06.2011 por na(s) categoria(s) Análise Fundamentalista, Aprendizado, Destaques, Estratégias, Opinião

.

Este artigo é uma republicação. O artigo original foi exibido aqui no dia 03/03/2009.

A grande maioria dos leitores do blog não são profissionais do mercado. São investidores pessoa física, que procuram alguma orientação sobre como alocar os recursos de forma racional no mercado de renda variável.

Por não trabalharem diretamente na bolsa, não dispõem do tempo necessário para aproveitarem as oscilações de curto prazo. Precisam de uma abordagem de longo prazo. Precisam pensar em uma carteira de acumulação.

Já tratei deste assunto várias vezes por aqui. Muitas vezes, nas minhas consultorias, sou até chato e insistente.  Mas não me canso de repetir. Não posso me isentar de passar para o meu interlocutor, que o trading e a especulação são ótimos meios de remunerar o capital, mas exigem uma dedicação full time por parte do trader/investidor.

Para o investidor pessoa física o mais correto é pensar no longo prazo, acumulando ações.

E a história do mercado está a nosso favor neste aspecto. Abaixo eu trago o gráfico mensal dos últimos 17 anos do Ibovespa.

 

IBOV tabela

 

A compra de ações após grandes quedas (como as assinaladas em rosa no gráfico)  e sua manutenção por períodos de três a cinco anos, gera retornos bastante elevados. Sei que é difícil acertar com precisão quando será o fundo do poço em um bear market, por isso resolvi considerar uma perda de 35% como um patamar hipotético de compra. Caso tivéssemos comprado a carteira do Índice Bovespa todas as vezes que ela chegasse a 35% de queda, na média, teríamos um retorno de 99% em três anos (33% ao ano em média) e 272% em cinco anos (54% ao ano em média).

Analisando os períodos de forma individualizada, a queda ocorrida em 1997 e a respectiva compra nos 35% teriam apresentado uma performance quase nula no período de 5 anos. Isso provavelmente devido a insegurança em 2002 quanto a eleição do presidente Lula.

Apesar desta exceção, na média, a conclusão é que o retorno do investimento em bolsa em momentos de crise tem alta probabilidade de ser elevado no longo prazo. Dessa forma, é recomendado que o investidor pessoa física considere a realocação ou o aumento da sua exposição em ações hoje ou em algum momento nos próximos meses. O ideal seria aplicar o capital de forma disciplinada ao longo de um período, como, por exemplo, 12 ou 24 meses. Nesse caso, o dinheiro seria dividido em 12 ou 24 parcelas e investido em ações em uma determinada data de cada mês. Dessa forma, o investidor poderia fazer preço médio ao longo de um período de alta incerteza para o mercado acionário.

Sei que tratar deste assunto, no momento em que o mercado brasileiro volta a apresentar sinais de fraqueza, não é fácil. Mas, apesar do sofrimento coletivo e da alta incerteza no curto prazo, se você ainda não pensou em uma carteira de acumulação, deveria começar a pensar. A história nos mostra que o investimento em ações “baratas” gera retornos elevados e consistentes ao longo do tempo. É aconselhável que aproveitemos tais momentos, pois não são muito freqüentes e, possivelmente, acontecerão cada vez menos.

 

Nota: Graças ao email do leitor Helder Fernandes, gostaria de acrescentar que os números de rentabilidade apresentados foram calculados usando a média simples. Considerando o ganho acumulado o resultado seria  de uma rentabilidade média em três anos de 25,78% aa e de 30,05% aa para os cinco anos.

.