Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Recompra de Ações

Publicado em 19.02.2009 por na(s) categoria(s) Destaques, Estratégias, Opinião

.

recompra Atualmente mais de 50 empresas listadas na bolsa de valores de São Paulo aderiram à programas de recompra de ações. O principal objetivo destas empresas é sinalizar ao mercado confiança no próprio negócio e indicar que os papéis estão abaixo do valor justo. Essa pelo menos é a alegação mais comum.

Na verdade muitas vezes, operações de recompra ocorrem apenas por alguns dias visando possibilitar a saída de grandes investidores. Empresas com baixa líquidez precisam acionar estes programas para evitar uma queda abrupta dos preços caso algum acionista de peso resolva se desfazer dos papéis.

No Brasil, as empresas podem comprar até 10% da parcela de seu capital negociado em bolsa, pelo prazo máximo de um ano, e guardar essas ações em tesouraria ou cancelá-las. Quando os papéis são cancelados os acionistas assumem um ganho de imediato, já que os lucros por ação aumentam e consequentemente o potencial de retorno dos dividendos também.

Teoricamente portanto, as recompras de ações representam uma ação tranquilizadora para os investidores e ajudam a elevar os preços das ações no curto prazo.

Uma questão porém precisa ser abordada. Será que o atual cenário global é o ideal para usar o caixa da empresa comprando ações ?

Sem dúvida, essa é uma pergunta que depende muito da saúde financeira de cada empresa. Mas pelo boom de recompras visto atualmente, eu desconfio que muitas empresas estão exagerando. Prova disso, são os derivativos vinculados ao desempenho das ações oferecidos por alguns bancos.

Como se já não bastasse todo o estrago provocado pelos derivativos cambiais, a idéia agora é aproveitar a onda de recompras de ações e oferecer às empresas para que façam seus programas sem usar um centavo sequer. Ou seja, a empresa não mexeria no próprio caixa e usaria o dinheiro emprestado pelo banco. Essa idéia é comparável a um investidor pessoa física entrar no cheque especial para aplicar na bolsa !

Portanto, apesar de em linhas gerais os programas de recompra de ações serem interessantes e mostrarem comprometimento da companhia é importante o investidor estar atento a maneira como os recursos necessários para a operação estão sendo levantados e posteriormente aplicados.

.

TAGS

Para sua imagem aparecer nos comentários, cadastre-se no Gravatar com o mesmo e-mail com o qual comentou.